quarta-feira, 16 de abril de 2008

MOMENTO SENSUAL



AMOR DE HOMEM
Guida Linhares

Amor de homem
que alucina
fascina
ilumina
quer
E delicia
acarinha
seduz
Ousado
vem
Homem
que projeta assim
a sombra lunar
alumiada esfera
Sentinela lua
"caliente" na madrugada
desencontrada
de si mesma
Some a razão
pra bem longe
fiel
aos apelos
dos corações
Tão sábia
quanto a natureza
que a compôs,
cede espaço
a mais pura emoção
Homem
Em teus braços
o fogo arde
o desejo explode
a boca pede
o desafogo
em profundos beijos
São mãos que visitam
territórios;
são dedos que exploram
a caverna do prazer
e a coluna no templo viril
toda afagada
acariciada
beijada
sugada
atada
dada

Homem e mulher
Tesão a mil
requebros de quadril
Dos corpos
em sensual bailado
envoltos no véu mágico
da paixão descontrolada
Até que
todas as fantasias
sejam desveladas
O nu se revela
à alma que vela
para que ambos
se encontrem a si mesmos,
no êxtase total
Orgasmos de luzes,
energias que se deslocam
pelo espaço sideral,
Corações que disparam
as flechas da conjugação final
na mais completa fusão,
metamorfoses unificadas,
nem mais o homem,
nem mais a mulher..
Um único ser
numa androginia metafórica
prestando o preito
de consagração à Vida e ao Amor!


Santos/SP/Brasil
16/04/08

Tema inspirado na música
Amor de hombre > Silvita Mocedades **


2 comentários:

Zé Carlos disse...

Muito lindo seu poema Guida querida. Esta inspiração de quem mora à beira do mar é outra coisa... o iodo provoca !!!
Bjs do teu amigo ZC

MEUS POEMAS disse...

Olá minha querida amiga!
Que bom encontra-la entre tantos blogueiros apaixonados!
Vou adiciona-la em meus favoritos...
Bjão Guida, amei seu espaço, muito lindo!
Gena