sexta-feira, 13 de junho de 2008

ENCONTRO DE CORAÇÕES


TALVEZ...

Guida Linhares

Um amor em botão,
talvez quem sabe...uma nova emoção!
Quimeras do passado,
talvez desenganos...deixados de lado.
Num sonho perdido,
talvez distante...algo esquecido!
Tu chegas com versos,
talvez sentidos...em olhares dispersos!
Ofertas que encantam,
talvez desabrochem...em rosas que perfumam!
A vida é fugaz e passageira.
Talvez um poético suspiro...nos faça prisioneira.
Apenas por um tempo presente,
talvez não mais que isso...meu coração pressente!
E depois quando tudo passar,
talvez o melhor de tudo seja recordar!
Que a felicidade bateu à porta,
talvez por um tempo, mas o que importa?
O amor ainda que seja vivido,
talvez por poucos momentos, nos deu sentido.
O que é a vida senão
um desenrolar de sonhos em suave emoção?
Voce me oferece um amor em botão?
Não há talvez....sinalizou o inquieto coração!

Santos/SP/Brasil

13/06/08

quarta-feira, 11 de junho de 2008

SONHO DAS PÉROLAS



Feriram-te, alma simples e iludida.
Sobre os teus lábios dóceis a desgraça,
Aos poucos esvaziou a sua taça
E sofreste sem trégua e sem guarda.
Entretanto, à surpresa de quem passa,
Ainda e sempre, conservas para a Vida,
A flor de um idealismo, a ingênua graça
De uma grande inocência distraída.
A concha azul envolta na cilada
Das algas más, ferida entre os rochedos,
Rolou nas convulsões do mar profundo;
Mas ainda assim, poluída e atormentada,
Ocultando puríssimos segredos,
Guarda o sonho das pérolas no fundo.

Mensagem belíssima recebida da
amiga querida Queen Jolie, de Kidderminster, Reino Unido
sempre presente no cantinho orkutiano!
Obrigado pelo teu carinho, chegou na hora certa!
Beijos no coração, guida

terça-feira, 10 de junho de 2008

Série > Dia dos Namorados


CATIVA
Guida Linhares


Cativa estou de teus encantos
inebriada de prazer
tua voz ressoa em meus ouvidos
como um bálsamo suavizante
que me eleva às alturas

Tuas palavras muito loucas
tiram meus pés do chão
alço o vôo da fênix ressurgida
num sutil encontro amoroso
realizado com ternura e paixão

Quanto me tomas em teus braços
nosso coração dispara
numa ânsia incontida de fusão
de corpos que se descobrem
numa completa satisfação

Teus beijos doces como o mel
invadem minha boca
na ânsia louca de sentir o sabor
termômetro do amor
teu beijo é o tudo divinizado

Teu olhar em mim penetra
sentindo a alma em festa
afundada a tua adaga dourada
em recatados recantos
alçamos o vou nupcial da espécie

Mas tu és maravilhoso selvagem
eu apenas uma criatura suave
mas no momento em que transcendes
tua metamorfose se completa
e viras um rei amoroso

E me sinto a própria rainha
em teu castelo de sonhos
a brincar alegre com os encantos
que o rei em sua celebração
proporciona a meu feliz coração

Estar contigo é ver a beleza
que existe em cada criação divina
é sentir o pulsar forte da vida
é querer estar sempre
em constante troca dentro de ti

Amor doação
Amor paixão
Completo em si mesmo
Inigualável
Cósmico

Santos, SP/Brasil


Visite os demais recantos do coração:

http://fotolog.terra.com.br/guida_linhares/


http://saudeefelicidade.blog.terra.com.br/


http://cafe-poetico.blogspot.com/


http://genamigos.blogspot.com/





segunda-feira, 9 de junho de 2008

ARTE E VERSOS



AMORES PERFEITOS
Guida Linhares

Em um tempo há muito distante,
munida de pincéis e tintas coloridas,
pintei os amores perfeitos.

Uma gravura serviu de modêlo,
para o desenho, esboço da pintura.
E no mais, a criatividade reagiu à altura.

Naquele tempo tudo era diferente.
Havia um alguém partilhando os dias,
havia amor, companheirismo e harmonia.

Mas a vida é um enigma a ser desvendado.
E quando tudo parecia tão certo,
o sol se fechou, fez-se a aridez no deserto.

Bifurcação, novos caminhos.
Cada um seguiu seu rumo, seu destino,
tornando vazio e tristonho o ninho.

Quando olho as flores imortalizadas,
por tintas e pincéis num tempo harmonioso,
volto ao passado e sinto você ao meu lado.

Embora hoje vivemos em lugares distantes,
conservei cada foto e cada recordação,
e quando bate a saudade, aquieto o coração.

Santos/SP - 09/06/08 - 10:28 hs.


***