segunda-feira, 14 de setembro de 2009


ESPELHO DAS ESTAÇÕES
Guida Linhares

Mulher tu és a primavera em explosão
de flores coloridas e perfumadas,
quando fazes valer a vóz do teu coração,
e levas a felicidade a pessoas por ti amadas.

Ainda que muitas vezes possas te sentir ferida,
pelos espinhos das rosas que trazes nas mãos,
ainda assim fechas os olhos e enternecida,
perdoas as falhas e deixas fluir a emoção.

Em teu coração os raios de sol são "calientes".
És sempre verão, aquecendo as entranhas,
daqueles que ao teu lado vivem contentes,
embora te sacrifiques, às vezes em perdas tamanhas.

E quando chega o outono da tua vida,
em que fazes o balanço de tudo o que te envolve,
nem sempre compreendida pelas pessoas queridas,
percebes que o tempo passa e de ti, o que se resolve?

Sentir-se bem consigo mesma, olhando-se ao espelho?
Materializar tantos sonhos há muito preteridos?
Talvez pensar mais em si mesma, um bom conselho,
observando as perspectivas de propósitos mais definidos.

Mas a mulher já vem ao mundo p`ra ser a mãe predestinada
aquela que, na maioria das vezes, se doa por inteira,
até mesmo a mulher moderna, em sua dupla jornada,
luta muito e seu cotidiano não é brincadeira.

E quando chega o inverno da sua trajetória,
tendo a felicidade de estar junto aos seus entes queridos,
toda a sua longa missão se reveste de muita glória,
e o seu legado de amor jamais será esquecido.

Mas não se pode olvidar que o inverno de tantas,
pode ser doloroso e cruel, quando a resposta é a solidão,
em que a vida as coloca, mesmo tendo sido sacrossantas,
e sobrevivem de lembranças do passado, encerradas em seu coração.

Santos/SP/Brasil
Março-2009

***

2 comentários:

Anônimo disse...

passei por aqui. "furtei" algumas imagens.. vo por em meu blog.. da uma visitada la. to sempre atualizando... é divesrificado e um ótimo passatempo. www.sannitas.blogspot.com
abraço

Anônimo disse...

Maravilhosa composição. Perfeita! Amei seu Blog. Espero sua visinha nos meus... bjus
Edna Fialho