terça-feira, 17 de junho de 2008

MOMENTO ROMÂNTICO


O cravo e a margarida
Guida Linhares

Um pouquinho de você fica em mim
quando mesmo distante, estamos perto,
assim como as flores de um mesmo jardim,
plantadas longe, tem seu encanto certo.

Se o cravo floresce em sua cor vermelha,
enfeitiça a margarida debruçada ao vento,
como no bem querer em tudo se assemelha,
quando se une emoção ao sutil pensamento.

E se o cravo pende em sua triste saudade,
a margarida tem também as suas tristezas,
mas quem sabe ambos sorrirão de felicidade,
ao se darem as mãos, contemplando a natureza.

Quando espalho os sonhos em versos poéticos,
espero apenas que sejam sementes de esperança,
que no teclado brinco em poemas métricos,
que fazem renascer de mim, a eterna criança.

Santos/SP/Brasil
17/06/08

3 comentários:

mundo azul disse...

...bonito o seu poema, Guida!!!
Beijos de luz e um dia muito feliz...

Ana Maria disse...

Guida, fiquei emocionada em receber sua visita.
Obrigada por ter me proporcionado essa felicidade.
Sempre vejo seus poemas e delicio lendo.
Felicidades, amiga.
Meus beijinhos carinhosos.

Cecela Monteiro disse...

Aí amiga, adorei seu blogger... Guida vc é uma pessoa maravilhosa, te adoro amiga... fiquei feliz de saber q o amigo Zé Carlos te deu força pra fazer teu cantinho aqui... dolu mto vc... Que Deus te abençõe mtooooooooooooooo

beijos amiga