quinta-feira, 4 de março de 2010


PESCADORES DE SONHOS
Guida Linhares

Pescadores de sonhos em busca do amor,
navegam em águas às vezes serenas,
outras tantas vezes, descem do barco
enfiando os pés no fundo mar das penas.

No equilíbrio dos sentimentos, a eterna busca
de amarem e serem amados, dourada felicidade,
que dizem os poetas nunca está onde se procura,
mas se persegue ávidamente o amor de verdade.

A natureza em sua exuberância, forma o cenário
onde cada criatura almeja pescar um amoroso sonho.
Contudo o balanço do barco pode por tudo a perder,
se não houver sinceridade e bons propósitos, suponho.

Mas todo bom pescador sente o prazer da espera
entregando-se ao deslizar num desconhecido rio,
refletida a miragem dos sonhos em seu espelho,
contemplando a natureza, em seu constante cio.


2 comentários:

Fátima Gaya disse...

Boa noite Guida,
poesia de doce sensibilidade.
É a partir dos sonhos que construímos nossa realidade e mirar na natureza, a propriedade da paciência.
Quero deixar meu abraço carinhoso pelo dia da Mulher.
Parabéns.
Fátima

Kelly Major disse...

Passei sem querer e adorei as suas poesias... O meu sonho é ser uma grande poetisa não sei se estou saindo bem, de uma olhada no meu blog porfavor e deixa um comentario.
beijos espero pelo seu comentario...

http://palavrassoltas-kelly.blogspot.com/