sexta-feira, 20 de maio de 2011


NAVEGANTE VIRTUAL
Guida Linhares

Onde brilha o sentimento,
que trazes forte no peito,
não terá lugar o lamento,
num coração tão perfeito.

Ainda que o tempo passe
em devaneios ao sol poente
não há nada que rechace
o sentir de alguém contente.

Mesmo que nuvens revelem,
nuances de uma chuva forte;
há devaneios que perseguem
a vida plena e não a morte.

E assim navegas no rio
entre sonhos e ilusões.
A vida fluindo por um fio,
entrelaçado de emoções.

Fiel é o teu remo navegante
cheio de esperança no coração,
fazes da telinha o gigante,
que alimenta a tua paixão.

Images Google

Canteiro dos Girassóis

2 comentários:

Fátima Vaz de Lima disse...

Olá Guida,
desculpe minha ausência,tempos um pouco difíceis.
Adorei a poesia, suas palavras poéticas deram um tom de paixão ao amor virutal.
Beijo e um om fim de semana.

Eri Paiva disse...

Guida, passeando entre poetas e amigos virtuais te encontrei. Faz tanto tempo que nem lembrava mais deste teu site!!! Tem até um poema meu sobre Amizade. Estivemos por um bom tempo mais proximas quando participavamos do Site de Elio Molo A Era do Espirito. Foi um prazer entrar aqui e ler albuns dos teus bomitos trabalhos, como este. Bjs querida!