sexta-feira, 20 de maio de 2011


NAVEGANTE VIRTUAL
Guida Linhares

Onde brilha o sentimento,
que trazes forte no peito,
não terá lugar o lamento,
num coração tão perfeito.

Ainda que o tempo passe
em devaneios ao sol poente
não há nada que rechace
o sentir de alguém contente.

Mesmo que nuvens revelem,
nuances de uma chuva forte;
há devaneios que perseguem
a vida plena e não a morte.

E assim navegas no rio
entre sonhos e ilusões.
A vida fluindo por um fio,
entrelaçado de emoções.

Fiel é o teu remo navegante
cheio de esperança no coração,
fazes da telinha o gigante,
que alimenta a tua paixão.

Images Google

Canteiro dos Girassóis

Um comentário:

Fátima Vaz de Lima disse...

Olá Guida,
desculpe minha ausência,tempos um pouco difíceis.
Adorei a poesia, suas palavras poéticas deram um tom de paixão ao amor virutal.
Beijo e um om fim de semana.