terça-feira, 27 de abril de 2010


TESTAMENTO HOLOGRÁFICO
Guida Linhares

Um dia partirei desta para melhor
numa viagem rumo às estrelas
onde estarão me esperando
meus antepassados e amigos queridos

Lá brindaremos o reencontro
e teremos o infinito tempo
para prosearmos sobre
as circunstâncias da vida e da morte

Mas aqui deixarei testamentados
meus últimos desejos
antes que meu corpo se transforme em pó
na grande cadeia alimentar
em que os bichinhos se saciarão

Para quem deixarei meu violão
eterno companheiro da juventude
em alegres reuniões musicais?
Para alguém que se delicie
em suas cordas e eleve a voz,
você quem sabe, pois quem canta
seus males espanta...

E o meu teclado que tantas vezes
martelo em suas teclas
em busca de sons e melodias
sei que meu neto Gabriel adora,
e quem sabe será um grande músico

Ah, mas tem também os quadros,
cavaletes e pincéis
da minha fase artes plásticas
que durante cinco anos me arrebatou,
talvez deixe pra você...
porque pintar é muito bom,
é expressão e relaxamento
com o gostinho de "feito por mim"

O que ainda não sei mesmo,
pra quem vou deixar tantos livros
companheiros fiéis desde a mocidade,
que me mostraram o mundo todo,
antes da cibernética,
quem sabe deixe para uma escola
para que as crianças sintam o prazer pela leitura
como tantas vezes senti,
em minhas horas solitárias

Meu bangalô que moro há tantos anos
e que agora terei que deixá-lo
com o coração apertado,
ficará na minha lembrança,
então nem preciso testá-lo
eu o perdi antes da morte
embora pensasse que seria minha
ultima morada terrena

Bem, finalmente restam os meus escritos
aqueles que me envolveram
em prosa e versos,
nos inúmeros grupos de amigos do coração,
escritos tombados num mesmo espaço
Recanto das Letras
e o grupo que é a minha casa virtual
Cantinho Literário Amor e Alegria
onde compartilho diariamente
nesta imensa janela do mundo
Delego aos amigos
o nosso eterno cantinho de paz

Nada mais tenho a testamentar
o dinheiro sempre foi muito bem utilizado
pois sua escrava nunca fui,
portanto prestou-se à sua utilidade
como metal que tanto atiça a ganância
quanto faz a felicidade
de quem sabe manejá-lo com bom senso

O que posso deixar com toda a certeza
a todos que se lembrarem de mim
é que na vida há que se ter
entusiasmo para prosseguir sempre,
garra para não fugir dos objetivos
ainda que pareçam intransponíveis.
alegria de viver sobretudo
e sentir que cada um de nós
é uma centelha divina abrigada
e que o Deus do nosso coração
sempre guiará os passos
e iluminará a senda

Mas não quero que chorem no velório
encham a sala de flores perfumadas
tragam músicos e cantores
afastem o caixão para um canto
e dancem alegremente
pois eu estarei partindo feliz
por ter comprido a minha missão
neste tempo e espaço

Será servido um cafezinho,
que é meu negrinho cheiroso e gostoso
quem não gostar tem água geladinha...rsrsrs

No epitáfio > Aqui jaz a Guida
que sempre buscou a alegria
e encontrou a felicidade


Santos/SP/Brasil
1/06/2005

Testamento holográfico
(jur.: testamento inteiramente escrito pela mão do testador-hológrafo)

http://vortaro.brazilo.org/vtf/dic/pe_t.htm


Participação na Ciranda de Letras, sob o tema Testamento Poético

http://www.cirandasdeletras.cantodapoesia.net/testamento_poetico.htm

2 comentários:

Jacque disse...

Lindo Guida. Vim te convidar pra ver meu vídeo novo, no Blog: SENTIMENTOS. Onde eu fiz a moça partir pra uma melhor tb ...

Beijo

Valrita disse...

Querida Guida! Acabei de ler o seu "Testamento Holográfico"... Saborei cada letra, e a imaginei sentada em sua escrivaninha... Imaginei a ternura e emoção que você sentia ao escrever tão sensível testamento; confiando seus objetos pessoais para quem depois de sua partida, fizesse uso delas...
Guida... Sempre sou grata a Deus, por essas pequenas relíquias que nos proporcionam tantos momentos bons... Presentes de amigos, filhos, ou mesmo um pequeno capricho pessoal: Bonecas de Porcelana, alguns cristais... Se pudéssemos deixá-las, depois de nossa partida, com alguém que amamos ou com alguém que os irá curtir por nós com o mesmo carinho e cuidado... Isso seria maravilhoso!
Mas tenho certeza que de seu Testamento estas vontades vão ser cumpridas:..." suas poesias serão eternas, sempre vai haver algum ledor... Você será sempre lembrada pela sua alegria que a tantos contagia... Será lembrada pelas sementinhas de otimismo espalhadas no jardim de tantos corações carentes de carinho e amizade!" E eu,
Guida, ainda quero "pegar" muitas dessas sementinhas... antes de sua partida!